Como obter o melhor prato de macarrão terceira dica usando macarrão Instantâneo

  Qual corte de macarrão Emegê você mais gosta ?
Parafuso
Penne
Espaguete
Ninho
 
 Home  |  A Emegê  |  Fale Conosco  Bem-vindo,
Curiosidades sobre a farinha Voltar
Farinha
A moagem da farinha é o processo de separar estes três componentes (endosperma, farelo e amido) e reduzir o endosperma para partículas pequenas chamadas farinha. Partículas de tamanho intermediário, conhecidas como canjica, quirera ou semolina também podem ser feitas se desejado.

O endosperma produtor de farinha normalmente perfaz aproximadamente 75 a 80 por cento do peso de núcleo. A porção de farelo é vendida como ração para gado e ovelhas. A quantidade de gérmen em cereais varia de menos de 2 por cento em trigo para mais de 10 por cento em milho. O óleo de gérmen, às vezes, é extraído e vendido como óleo de culinária. Farinhas integrais são produzidas pela moagem do núcleo inteiro, incluindo o farelo e o gérmen em partículas pequenas.

Tipos de Farinha
A farinha de trigo é consumida em quantidades muito maiores que qualquer outra farinha de cereal. Isto deve-se ao fato de o trigo poder ser cultivado melhor sob condições climáticas amplamente variáveis e por sua aceitação quase universal como um artigo de alimentação básica. A farinha de trigo contém uma proteína sem igual chamada glúten. Quando a farinha de trigo é misturada com água, o glúten forma uma massa elástica. Quando a massa é assada em um forno quente, expande-se em várias vezes seu volume original. Farinhas feitas de trigos suaves, que contêm menos que 12% de proteína de glúten, são utilizadas para fazer produtos macios como bolos e bolachas. Farinhas de trigo duro, que contêm mais de 12% de proteína, são usadas para a fabricação de pão. O moinho pode prover o padeiro com uma grande variedade de tipos de farinha de trigo, de acordo com as especificações desse profissional.

Farinha de centeio
Contém uma quantia pequena de proteína de glúten e pode ser usada para produzir pães de centeio escuros. Ela é freqüentemente misturada com farinha de trigo para produzir pães de centeio claros com uma melhor textura.

Farinha de milho
Também denominda de farinha grossa de milho é usada na produção de pães de milho crocantes e broas. O milho não tem nenhum glúten mas tem um sabor característico e uma cor amarela agradável que são desejáveis em muitos produtos. A farinha de milho é extensamente utilizada no México, sendo um dos principais artigos da alimentação popular daquele país.

Farinha de aveia e flocos de aveia
São principalmente usados em cereais matinais. A farinha de aveia é a mais nutricionalmente completa de todas as farinhas.

Farinha de cevada
Pode encontrar-se farinha de cevada em comidas de bebê e leites maltados. Em alguns países, grandes quantidades de farinha de cevada são usadas para a fabricação de pão.

Farinha Doméstica - Sêmola de Trigo
Farinha Doméstica: é uma farinha clara, indicada para fabricação de bolos caseiros e industriais, roscas, bolachas, massas de pizza, etc.
Farinha Doméstica com Fermento: é uma mistura de farinha com sal e fermento em pó químico, na quantidade suficiente para fermentação, utilizada na fabricação de bolos caseiros e industriais.

Farinhas Indústrial - Sêmola de Trigo
Farinha Extra: é uma farinha forte, clara e com baixo conteúdo de cinzas, indicada para pães de qualidade superior.
Farinha Especial: é própria para qualquer tipo de consumo em padarias, pizzarias e confeitarias; possui teor de força médio.
Farinha Comum: também utilizada na panificação, com força mediana, cor um pouco mais escura do que a farinha especial.
Pré-Mistura: é uma mistura de farinha especial, melhorador ou química e sal. É utilizada na fabricação de pão francês.

Mistura para Bolo
Composto de sêmola de trigo +fermento em pó químico + açúcar + aroma + gordura vegetal + amido de milho. É utilizada na fabricação de bolos caseiros.
 
RFID | ERP